Documentário “Estrelinhas – conquistas extraordinárias de crianças com doenças graves”)

Em quase todas as sociedades as crianças são um símbolo de esperança e sonho ilimitados. Podemos dizer que dessas esperanças a mais importante é a da saúde. No entanto, muitas crianças são privadas dessa dádiva. Um estudo efetuado pela Rede Internacional de Cuidados Paliativos Pediátricos (ICPCN) e a UNICEF estima que existam em todo o mundo cerca de 21 milhões de crianças com doenças limitantes ou ameaçadoras da vida, com necessidade de CP.

No entanto apenas 1% recebem esses cuidados. As outras crianças passam por uma experiência de dor e de sofrimento que poderiam ser atenuados se recebessem cuidados adequados.

Os cuidados paliativos pediátricos são uma resposta coordenada às necessidades destas crianças e às preocupações das suas famílias. São cuidados holísticos que suportam a criança e a família, através do controlo adequado de sintomas e de apoio psicossocial, para que a criança possa ter a melhor qualidade de vida possível dentro das suas circunstâncias. Quando necessário, este suporte é dado também no final da vida e continua nos cuidados aos membros da família enlutada.

Este documentário ("Estrelinhas – conquistas extraordinárias de crianças com doenças graves") conta as histórias, surpreendentemente afirmadoras da vida, de várias crianças de todo o mundo que vivem com doenças limitantes e que recebem suporte de cuidados paliativos.

O filme foi produzido pela Moonshine Movies, uma pequena produtora independente australiana, e a estreia pública mundial decorreu no dia 3 de outubro de 2015, em Durban (África do Sul). É apresentado pelo ator britânico David Suchet, que muitos conhecemos pela interpretação do detetive Hercule Poirot. Está traduzido em 13 línguas, incluindo o português. Foi comprado pelo canal Al Jazeera para ser exibido na televisão em 40 países. Recebeu já vários prémios em concursos de documentários por todo o mundo.

É um filme muito transparente e honesto, que vai com certeza deixar em todos vós uma impressão que não mais vão esquecer.

O Grupo de Apoio à Pediatria da APCP, responsável pela tradução para português, tem uma cópia do DVD e pode ser contactado para agendar exibições públicas do filme para profissionais e/ou público em geral. Os produtores apenas solicitam que se mantenha o contacto com eles, dando informação sobre essas exibições, e que se classifique o filme no site IMDB (o que deverá gerar mais interesse no filme).

http://www.imdb.com/title/tt4047032/ " target="_blank">Link para a página

Quem desejar poderá adquirir cópias do DVD online


voltar